OGUN

Ogún, ou em português Ogum, é o grande Senhor dono de todos os caminhos; é o Guerreiro conquistador e implacável, de bravura impar, sem o qual não existiria caminho, inovação ou progresso. Considerado o Grande Ferreiro do Céu por dominar e conhecer os segredos da forja, foi Ogún que concedeu aos Homens o uso do ferro e de todos os metais, razão pela qual é reverenciado e amado mesmo antes de ser temido. Foi graças a Ogún e ás suas ferramentas que assistimos ao desenvolvimento da agricultura que saciou a fome em África e ás armas que possibilitaram a expansão de reinos e cidades.

Ogún, que possui local e altura própria para receber as suas oferendas, é o único Òrisà que recebe em qualquer hora e local; não se oferece a Òrisà nenhum sem antes pedir licença a Ogún. Justo e implacável, é simultaneamente um Pai extremoso que ouve e ajuda os seus filhos na hora das dificuldades. Existem vários Oguns, ou várias qualidades, conforme o local onde o seu culto foi levado a cabo.


Algumas qualidades:

Ogunjá, Meje, Waris, Xoroquê, Oniré

Características dos filhos de Ogún:

São pessoas práticas e decididas. Fisicamente tendem a ser esguias porém musculadas.

Dispensam um confortável colchão para dormir com o corpo no chão; gostam de pisar a terra com os pés descalços; são trabalhadores incansáveis e não medem esforços para atingirem os seus objectivos; são pessoas, que se necessário, contrariam toda e qualquer lógica, lutando… e vencem!

Não se prendem à riqueza! Ganham hoje e gastam amanhã. São líderes natos. A necessidade de mandar pode torná-los desagradáveis, mas nem sempre!

Os filhos de Ogún são pessoas alegres; gostam de se divertir e que todos possam compartilhar a sua felicidade.

Seu lema principal é vencer na vida não importando qual o tipo de trabalho ou esforço para o conseguir!

Quem tem um filho de Ogum por amigo, tem um amigo para vida inteira!

(Que nunca seja seu inimigo…)

 

Dia da semana: Terça-feira

Alguns Metais de Ogún: Ferro (todos os metais)

Cores: Azulão, verde e vermelho

Algumas Comidas de Ogún: Inhame, feijoada,

Alguns Símbolos: Bigorna, e outras ferramentas

Elementos: Terra e fogo

Algumas Folhas de Ogún: Aroeira branca, folhas de manga,

Alguns Domínios de Ogún: Guerra, progresso,

Saudação: Ogunhé patacori au anegi!

Alguns Números de Ogún: 7, 14, etc…

Para quem atende ao sincretismo: São Jorge