OYÁ

Oyá ou Yansã é a Òrisà guerreira, dona dos ventos e tempestades, amante do cobre. Rainha da justiça e do Candomblé, regente das paixões, Òrisà de amor. O fogo é a sua essência, embora tenha relação directa com todos os elementos da Natureza: no ar que potencia as suas brisas e os seus ventos; na agua presente chuvas das suas tempestades, nas florestas onde propicia caça abundante. Luta pelo que considera justo e pelo que é seu por direito. Conquista arrebatadamente, tanto no calor da batalha como na chama do amor. Gosta das vitórias diárias, dos pequenos nadas que lhe trazem felicidade.
Omulú concedeu a Oyá poder sobre todos os Egunguns, sendo mesmo coroada rainha destas entidades. Oyá não os teme, sendo um dos poucos Òrisàs que usufruiu dessa característica. È um Òrisà querido e amado por todos os integrantes do Povo de Santo.


Personalidade dos filhos de Yansã:

São audaciosos, poderosos e autoritários. Por norma são sensuais, inteligentes, vivos, temperamentais, corajosos, briguentos, trabalhadores incansáveis, gastadores e amigos do luxo e opulência. Ostentam um ar de reis e rainhas.

Dia da semana: Quarta-Feira
Números de Oyá: 9,
das Cores de Oyá: Marron, Coral,
Símbolos de Oyá: Espada de cobre e irusin,
Elementos de Oyá: Fogo
Metais de Oyá: Cobre
Minerais de Oyá: Rubi e Coral
Folhas de Oyá: Para Raio, Flor de coral,
Comidas de Oyá: Acarajé
Domínios de Oyá: Vento e Tempestade, Minas de cobre,
: Hépahey Oyá!
quem atende ao Sincretismo: Santa Barbara