YEMONJÁ

Yemanjá ou Yemonjá é a grande Yá (mãe) do Candomblé. De tal forma que ama todos os filhos, tenham ou não saído do seu ventre materno, sejam quais forem as suas características. Dona de todos os Orìs, é de tal forma venerada que o seu culto ultrapassa a dimensão do próprio Candomblé, uma vez que a devoção a este Òrisà é partilhado por fieis de outras religiões.
Yemonjá. Mãe cujos filhos são peixes, é a rainha e dona de todas as águas do mundo, com especial enfoque nas águas dos mares e oceanos.
Yemonjá reflecte o estado do mundo, sendo o espelho e reflexo de todas as diferenças. È o exemplo extremo do amor, sendo mãe, preceptora, educadora, e aquela que mima e ensina, mostrando o caminho e a luz.


Algumas Qualidades de Yemonjá:

Ogunté, Sussuré, Yé Odo, Sabá, Yá Omim, etc, …

Personalidade dos filhos de Yemonjá:

Os filhos de Yemonjá são generosos, até ao ponto de criarem os filhos dos outros.
São ainda voluntariosos, fortes, rigorosos e protectores; algumas vezes, impetuosos e arrogantes.
Custa-lhes muito perdoar uma ofensa; e se perdoam não esquecem jamais.
Preocupam-se com os outros, possuem a vaidade dos filhos de Osún.

Dia da semana: Sábado
Alguns Números de Yemonjá: 7
Algumas Cores de Yemonjá: Branco, cristal, azul e rosa.
Alguns Símbolos de Yemonjá: Abébé
Elementos: Água salgada
Alguns Metais de Yemonjá: Prata
Alguns Minerais de Yemonjá: Água marinha
Algumas Folhas de Yemonjá: Pata de vaca
Algumas Comidas de Yemonjá: Manjar branco
Alguns Domínios de Yemonjá: Maternidade,
Saudação: Eruiá é Odo Yá!
Para quem atende ao Sincretismo: Nossa Sra. Das Candeias, Navegantes e da Conceição